Chancelaria das Ordens Honoríficas

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Chancelaria das Ordens Honoríficas

Detalhes do registo

Informação não tratada arquivisticamente.

Nível de descrição

Subfundo   Subfundo

Código de referência

PT/PR/AHPR-CH

Tipo de título

Controlado

Título

Chancelaria das Ordens Honoríficas

Datas de produção

1896  a  2014-10-20 

Extensões

26 Livros
2 Outros
72 Maços
859 Capas
4 Capilhas
1 Ficheiro

História administrativa/biográfica/familiar

A Chancelaria das Ordens Honoríficas Portuguesas constitui um serviço destinado a assegurar o regular funcionamento das ordens militares e de mérito, integrado na Presidência da República e dirigido pelo respetivo secretário-geral, que, por inerência, é o Secretário-Geral das Ordens.Na Chancelaria são instruídos todos os processos de agraciamento, quer de cidadãos e instituições nacionais, quer de estrangeiros, bem como todos os processos de autorização de aceitação e uso de condecorações estrangeiras por cidadãos nacionais.Ao Secretário-Geral das Ordens, compete:- Manter o Presidente da República ao corrente das deliberações dos conselhos e submeter a seu despacho as propostas que dependerem da sua resolução; - Assistir tecnicamente os conselhos das ordens; - Secretariar, sem voto, as reuniões de todos os conselhos e assistir os chanceleres na execução das deliberações tornadas, ficando a seu cargo a redação e arquivo das atas; - Superintender todos os serviços e atos da Chancelaria das Ordens; - Promover quaisquer estudos e trabalhos de investigação com vista ao estabelecimento de assuntos respeitantes às ordens, nomeadamente a organização de um arquivo histórico, donde conste o nome e outros elementos relativos a individualidades agraciadas. A Chancelaria é apoiada administrativamente pela Secção da Chancelaria das Ordens Honoríficas Portuguesas, da Secretaria-Geral da Presidência da República e, à qual, compete: o expediente relativo às ordens honoríficas e organização dos respetivos processos de condecorados; o registo de todas as condecorações através dela concedida, bem como a instrução de processos de autorização de aceitação de condecorações estrangeiras a cidadãos portugueses e o respetivo registo; a organização de publicações no âmbito da sua competência, nomeadamente o Anuário das Ordens Honoríficas Portuguesas, donde conste a indicação dos novos agraciamentos e dos membros das ordens falecidos e irradiados no decorrer de cada ano; o desempenho de todas as tarefas administrativas que assegurem o regular funcionamento da Chancelaria. Na vertente cultural e divulgadora, a nível nacional e internacional, nomeadamente no âmbito dos estudos históricos, a Chancelaria das Ordens tem vindo a apoiar e a patrocinar várias iniciativas sobre as antigas ordens militares, nomeadamente edição de publicações, seminários e exposições.

Âmbito e conteúdo

A documentação deste (sub)fundo é constituída essencialmente por:- registos de condecorações nacionais e estrangeiras e medalha militar;- processos individuais de condecorados; - correspondência relativa aos pedidos de autorização para aceitação e uso das condecorações, pedidos de informações e outra; - expediente e registo da atuação dos Conselhos das Ordens (atas de reuniões)

Sistema de organização

Ver, ainda, o Decreto-Lei n.º 44721, de 24 de Novembro de 1962 - Lei Orgânica das Ordens Honoríficas Portuguesas e os subsequentes.________________________________________________________Plano de Classificação (até 1974...)Antigas Ordens MilitaresProcesso 1 - Ordem Militar da Torre e EspadaProcesso 2 - Ordem Militar de CristoProcesso 3 - Ordem Militar de Sant´Iago da EspadaProcesso 4 - Ordem Militar de Avis

Idioma(s)/escrita(s)